Clube francês deve retomar investida em Léo, do São Paulo

Clube francês deve retomar investida em Léo, do São Paulo
https://s2.glbimg.com/BvFOWGKRlriI7az9SHuQWXWthmE=/0x0:1440x1800/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_bc8228b6673f488aa253bbcb03c80ec5/internal_photos/bs/2022/A/7/ZI2AD2RyK5UURKKFHEDg/leo.jpg

O zagueiro Léo deve ser novamente alvo do futebol da França no fim desta temporada. Em agosto, o jogador recusou uma proposta do Angers, da primeira divisão, por conta do desejo de terminar 2022 com o São Paulo e retribuir a projeção que o clube deu à sua carreira.

Sem o título da Copa Sul-Americana e com mais um ano de contrato, Léo deve deixar o clube ao fim desta temporada em caso de nova proposta.

De acordo com apuração do ge, o Angers havia sinalizado que mesmo após a recusa de Léo em um primeiro instante eles não iriam desistir da contratação do zagueiro de 26 anos para 2023. Há expectativa no São Paulo de que nos próximos dias chegue uma nova investida.

Diferentemente da primeira proposta, desta vez não deve haver muita oposição por parte do Tricolor para segurar Léo. No meio do ano o clube tentou mostrar para o jogador a importância de permanecer. Até aquele momento, o zagueiro Nahuel Ferraresi não tinha sido contratado.

Com o reforço do venezuelano e o retorno de Arboleda, previsto para a reta final deste ano, Léo deixa de ser uma peça imprescindível no elenco são-paulino. O próprio jogador não se opõe a uma transferência.

Durante a primeira proposta, Léo ouviu conselhos de pessoas próximas sobre a possibilidade de jogar na França. As respostas animaram o atleta, que pode ter uma de suas últimas oportunidades de transferência para a Europa.

Contratado em 2019, Léo tem contrato com o São Paulo até o final de dezembro de 2024. Ele chegou ao clube como lateral-esquerdo, mas passou a ser utilizado como zagueiro pelo lado esquerdo do campo e ganhou espaço.

Nesta temporada, por exemplo, ele é um dos jogadores mais utilizados. São 50 partidas disputadas.

Fonte: Globoesporte.com