PMA oferta atendimento psicológico remoto na rede municipal de saúde

PMA oferta atendimento psicológico remoto na rede municipal de saúde
(Foto: Marcelle Cristinne)

Com intuito de atender as pessoas que apresentam sintomas psicológicos, garantindo atenção pontual à população, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), criou, em abril de 2020,  o Serviço de Apoio Psicológico (Sapsi), que funciona de maneira remota, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, através do 0800 729 3534, na opção dois.

Inicialmente, esse serviço foi ofertado aos profissionais de saúde que estavam diretamente ligados ao enfrentamento à covid-19, no entanto, com o avançar da pandemia, viu-se a necessidade de adentrar, também, na vivência da população geral. Mesmo com a diminuição dos casos da doença, o serviço continuou sendo procurado, o que fez com que a SMS continuasse ofertando, como explica a coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial (Reaps), Camila Martins.

“O serviço foi pensado como uma estratégia para aumentar a oferta dos atendimentos especializados em Psicologia, já que houve um aumento significativo da demanda durante a pandemia. Mesmo após a diminuição de casos da covid-19, a demanda continuou estável. Estrategicamente a ampliação da oferta de atendimento de psicologia e saúde mental para a população de Aracaju que deseja um atendimento pontual, uma orientação em saúde ou uma escuta qualificada com profissional de saúde mental, continua se fazendo necessária”, pontua Camila.

Ainda de acordo com a coordenadora, apesar de ser um serviço de apoio pontual, se o profissional notar, após a avaliação, que o paciente precisa de um atendimento contínuo, ele tem autonomia para orientá-lo a buscar serviços mais especializados.

“Tanto o Sapsi quanto os profissionais dos Caps [Centros de Atenção Psicossocial] possuem conhecimento técnico para encaminhar o usuário a serviços especializados que vão lidar com a demanda do mesmo. Caso uma pessoa entre em contato com o Sapsi informando que vem apresentando crises de depressão, ou outros sintomas psicológicos, com frequência e mais intensos, o profissional pode, a partir da avaliação, orientá-lo a buscar o Caps mais próximo de sua residência ou, sendo um caso de sofrimento psíquico mais intenso, orientar que a pessoa busque o Serviço de Urgência Mental”, explica Camila.

Atendimento

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Ao ligar pelo 0800 729-3534, na opção dois, o usuário é atendido imediatamente por um psicólogo. O objetivo do trabalho desses profissionais é acolher e ouvir as pessoas que ligam espontaneamente, que desejam alguma orientação, ou mesmo um diálogo com algum profissional de saúde especializado em saúde mental. O Sapsi conta com cinco profissionais à disposição e, até o momento, já atendeu mais de 10 mil pessoas.

Fonte: PMA/SE