Ex-empresário proibiu Luva de Pedreiro de participar de festa de São João, diz prefeito

Ex-empresário proibiu Luva de Pedreiro de participar de festa de São João, diz prefeito
Luva de Pedreiro e o ex-empresário Allan Jesus — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O ex-empresário de Luva de Pedreiro, Allan Jesus, teria "blindado" o jovem e dificultado o contato das pessoas com o influenciador digital, segundo Nininho Góis, prefeito de Quijingue, na região sisaleira da Bahia. A revelação foi feita durante entrevista ao g1.

"Allan [Jesus] blindou ele [Luva de Pedreiro], não deixou ninguém mais ter contato. Iran ficou muito preso", disse.
O g1 tentou contato com Allan Jesus para pedir um posicionamento, mas ele não atendeu às ligações até a última atualização desta reportagem.

Logo quando o Iran Ferreira viralizou nas redes sociais, no início de 2022, a prefeitura de Quijingue entrou em contato com o jovem para gravar alguns vídeos. Segundo o gestor municipal, o convite foi feito pouco antes de Luva de Pedreiro ser agenciado pelo ex-empresário Allan Jesus.

"Estamos colocando nossa seleção de futebol no campeonato intermunicipal e gostaríamos que Iran gravasse alguns vídeos. Pedimos que ele viesse até a sede da cidade, mas foi quando o empresário chegou e não conseguimos mais ter contato com ele", explicou Nininho Góis.

Após surgir na vida do influenciador digital, Allan Jesus levou o baiano para o Rio de Janeiro para a realização dos trabalhos de publicidade. "Só conseguimos falar com Iran quando ele voltou do Rio de Janeiro [para Quijingue], mas era um contato muito difícil".

Pouco antes da polêmica com o ex-empresário se espalhar pela internet, o prefeito esteve na casa de Luva de Pedreiro, no povoado de Tabua, na zona rural do município. Ele relatou que o jovem estava muito revoltado, porque queria participar da festa de São João da cidade, mas foi impedido por Allan Jesus.

"Iran ficou muito chateado, provavelmente até por causa de outra situação, não é? Porque foi logo quando começaram os problemas. Agora ele está com um novo empresário [o ex-jogador de futsal Falcão]. A gente deseja o melhor para ele e todo o sucesso do mundo".

A polêmica começou após o jovem baiano anunciar uma pausa na gravação de vídeos, e fez com que o ex-empresário, que na época ainda era responsável por sua carreira, viesse a público para explicar contratos de publicidade que ainda não foram pagos ao influenciador.

Já no dia 23 de junho, o empresário veio a público novamente para explicar sobre os contratos de publicidade que ainda não foram pagos a Luva de Pedreiro. Allan de Jesus disse que o influenciador tem R$ 2 milhões a receber. Ele afirmou que o pagamento será feito a partir de julho de 2022.

Nova fase na carreira

Na última terça-feira (28), o ex-jogador de futsal Falcão anunciou que vai agenciar a carreira do influenciador Luva de Pedreiro.

"RECEBA o que for seu! Obrigado por ter me procurado e me escolhido em te ajudar! O mundo abraçou você e sua #Tropa @goleirodoluva @cruzadordoluva e eu também!", disse Falcão nas redes sociais.

No domingo (26), o influenciador, conhecido pelos bordões "Receba" e "Graças a Deus, pai", apareceu no Instagram após cinco dias. Em vídeos gravados nos stories, o influenciador acusou o ex-empresário Allan de Jesus de rackear a conta do WhatsApp dele e bloquear o acesso do baiano ao TikTok.

Horas depois, Allan Jesus se manifestou sobre as acusações e disse que foi ameaçado de morte.

Quem é Luva de Pedreiro?

Iran Ferreira tem 20 anos e atualmente é o influenciador de futebol mais seguido no Instagram, com mais de 15 milhões de seguidores. No TikTok, mobiliza mais de 17 milhões de inscritos.

O nome Luva de Pedreiro faz referência às luvas utilizadas pelo jovem para jogar futebol. Ele se tornou uma sensação viral com o bordão 'receba', em vídeos de seus feitos em um campo de várzea da cidade de Quijingue.

Fonte: Natally Acioli, G1 BA — Quijingue