Em meio à polêmica, viúva de Tom Veiga pede respeito: À memória do Tom

Em meio à polêmica, viúva de Tom Veiga pede respeito: À memória do Tom
Cybelle Hermínio pede respeito em polêmica com testamento deixado por Tom Veiga (Foto: Reprodução / Instagram)

Cybelle Hermínio se pronunciou em seu Instagram após entrevista para a TV Record, para pedir respeito dos seguidores acerda das mensagens que vem recebendo por conta da polêmica envolvendo o testamento de Tom Veiga, com quem foi casada. O intérprete de Louro José, do programa Mais Você, morreu em 1 de novembro do ano passado.

A viúva do assistente de palco ainda mostrou recados de apoio que vem recebendo de seguidoras nas suas redes sociais. "Tenho recebido inúmeras mensagens, de todos os tipos. E sei que cada pessoa tem sua opinião baseada no que sai na imprensa e nas redes sociais. Respeito as opiniões, assim como peço respeito a mim, às famílias e a memória do Tom. Mas, nesse momento, me conforta receber mensagens como estas, de pessoas que passaram por situações difíceis e se identificam com a minha. Obrigada pelas mensagens".

Entenda a polêmica

Cybelle Hermínio foi acusada de ter agredido o então marido em setembro de 2020, dois meses antes dele ser encontrado morto em casa.

As acusações foram publicadas pelo jornal Extra, que divulgou supostas fotos e áudios que teriam sido enviados por Tom para sua ex-mulher, Alessandra Veiga, em outubro, relatando o ocorrido e afirmando que ele teria saído de casa "sem um real no bolso" após a briga, que teria culminado na separação do casal.

Em um vídeo ao lado de seu advogado, Cybelle negou todas as acusações, afirmando que os dois tiveram apenas uma briga de casal e nunca se separaram oficialmente.

"Minha relação com o Tom sempre foi muito carinhosa, brincalhona, muito amorosa. Nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes, a gente tinha briga normal como todo casal, mas nada que fugisse do nosso dia a dia, fugisse do controle", garantiu. "É um absurdo o que estão falando. Nunca houve nada disso, desconheço completamente aquelas marcas, fotos que estão circulando nas mídias. Absurdo, nunca houve nada disso. Não tem B.O. registrado, corpo delito, medida protetiva."

Testamento e exumação do corpo

A família de Tom quer exumar o corpo do ator devido à suspeita de que ele teria sido envenenado. O artista foi encontrado morto aos 47 anos em 1º de novembro do ano passado e, na ocasião, um laudo preliminar do IML indicou como causa da morte um aneurisma seguido de um acidente vascular cerebral.

De acordo com o colunista Leo Dias, que conversou com fontes próximas aos parentes de Tom, sua ex-mulher, Cybelle Hemínio da Costa Veiga, teria conseguido que o artista fizesse um testamento a incluindo, com direito inclusive a uma pensão de 18 mil reais por um ano.  Ainda segundo o colunista, Tom teria tentado retirar o nome de Cybelle do inventário, mas acabou morrendo 20 dias depois.

No testamento, Tom teria disposto 50% de seus bens para os quatro filhos  - Diego e Amanda, que teve com Cristina Rilco, e Adrian e Alissa, com Alessandra Veiga. Os outros 50% ficariam com Cybelle, com quem ele foi casado de janeiro a setembro de 2020.

Mais cedo, o jornal Extra publicou uma reportagem na qual revelou que três dias antes de morrer Tom pediu a um um amigo que fosse com ele até um cartório para testemunhar uma mudança em seu testamento. Ele queria tirar o nome de Cybelle do documento e, em um áudio recebido pela publicação, teria dito. “Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?”.

Cybelle e Tom fizeram uma cerimônia religiosa em janeiro de 2020, e, em agosto do mesmo ano, trocaram a união estável pelo casamento com total separação de bens. Eles se separaram logo em seguida.

Fonte: Quem News/Globo.com